"Pequena história destinada a explicar como é precária a estabilidade dentro da qual acreditamos existir, ou seja, que as leis poderiam ceder terreno às exceções, acasos ou improbabilidades, e aí é que eu quero ver" (Julio Cortázar)


sábado, 1 de julho de 2017

Dom

Madeleine Alves

Dulcineiamente,
o que posso fazer
pelo Cavaleiro da Triste Figura,
que parte de volta
para seus moinhos de vento?
- a não ser vê-lo singrar
os mares da travessia à Lonjura.

Quando voltas, aluado Lancinante?

Nenhum comentário: