"Pequena história destinada a explicar como é precária a estabilidade dentro da qual acreditamos existir, ou seja, que as leis poderiam ceder terreno às exceções, acasos ou improbabilidades, e aí é que eu quero ver" (Julio Cortázar)


sábado, 24 de maio de 2008

Um Post de Aniversário

Pois é, meus leitores - nesta segunda-feira, dia 26/05/2008, ganho dois patinhos no meu Lago Ness. Fica no ar a pergunta: será que eles farão realmente companhia ao monstro submerso??


... Eis aí uma boa pergunta!


De início, pensei em pôr neste humilde blog algo escrito pela minha pessoa, algumas reflexões de minuto, algo que eu compusesse.


Contudo, minhas palavras são poucas e parcas - não expressam tudo aquilo que o monstro ou que os patinhos representam no Lago! E, aproveitando os reflexos gerados nas ondulações das águas pela Arte - aquela pela qual luto e pela qual me emociono - escolhi uma música que expressa como o Lago foi preenchido de sonhos... de sangue... e de América do Sul!


Para todos aqueles que me lêem e fazem parte de minha vida - em cada gota, em cada poro:


À Palo Seco - Belchior:


Nenhum comentário: